Cinco receitas incomuns (e deliciosas) com panela de pressão
Home / Utilidades Domésticas / Vou te dar muita pressão – e sabor! Cinco receitas incomuns com panela de pressão

Vou te dar muita pressão – e sabor! Cinco receitas incomuns com panela de pressão

Publicado em Utilidades Domésticas por thaisa alves

receitas-panela-de-pressao

A panela de pressão ocupa posição de destaque na cozinha. Um utensílio muito útil, pois economiza tempo e agrega vida aos alimentos. Qualquer pessoa que goste de se aventurar à frente do fogão ou sonha com uma ou já a tem como parte da família, porque o benefício é excelente.

Entretanto, pela praticidade, a maioria das receitas realizadas no equipamento segue a tradição, com uma carne aqui ou acolá, ou o bom e velho feijão. Decidimos então apresentar cinco maneiras diferentes e saborosas de utilizar sua panela de pressão, com resultados deliciosos.

Um dia frio, um bom lugar…

…para usar sua panela e fazer um creme

Creme na pressão? Sim. Com ingredientes práticos e baratos, pode se obter uma deliciosa iguaria para as noites de frio. Duzentos gramas da abóbora, igual parte de mandioquinha, duas xícaras e meia d´água, cinquenta gramas de patinho, dois dentes de alho e uma cebola média, com uma colher de sopa de azeite, sal e cheiro verde a gosto.

Refogando o azeite, o alho e a cebola picados até dourar, para depois acrescentar o patinho. Junte a abóbora e a mandioquinha picadas, adicione água e sal e cozinhe por quinze minutos. Bata os ingredientes no liquidificador, decore com o cheiro verde e bom apetite.

Arroz na pressão, soltinho, gostoso, prático

arroz-legumes

Arroz é aquele acompanhante garboso da refeição, como se fosse um guarda-costas, um coadjuvante que ganha Oscar. Mas pode, também, virar o prato principal, como nessa receita com carne seca, cebola, pimentão vermelho e verde, cenoura, caldo de legumes, sal, pimenta e salsa.

Aqueça o óleo e refogue uma cebola picada, duzentos e cinquenta gramas de carne seca dessalgada, juntamente com os pimentões verde e vermelho – pequenos –  uma cenoura cortada em cubos e duas xícaras de chá de arroz. Acrescente quatro xícaras de chá de caldo de legumes, o sal e a pimenta a gosto.

Assim que pegar a pressão, deixe cozinhar por quatro minutos. Deligue o fogo, deixe a pressão cessar e abra a panela. Coloque em uma travessa e sirva. O arroz fica livre, leve e solto.

Tudo acaba em pizza. Inclusive na pressão

“Pizza na panela de pressão?”, você pode estar se perguntando. A resposta é sim. E ainda fica muito gostoso, diga-se de passagem.

Com meio quilo de farinha de trigo, um tablete de fermento para pão, uma pitadinha de açúcar para rebater a acidez, um copo d ´água, um ovo, três colheres de sopa de óleo, uma colherinha de sal, uma xícara de chá molho de tomate, duzentos gramas de mozarela em fatias, a mesma medida de presunto picado, orégano e azeitonas a gosto, a alquimia se faz.

O elenco é grande, mas o enredo é saboroso. Coloque a farinha em uma tigela, faça um buraco no meio e adicione o fermento, o açúcar, metade do copo d´água, o ovo, o óleo e o sal. Misture. Caso sinta necessidade, adicione mais água, até a massa dar ponto de abrir. Divida-a em seis partes e deixe crescer por uma hora.

Coloque um fio de azeite no fundo na panela de pressão.  Abra a massa em discos bem finos. Pincele com o molho de tomate, espalhe a mozarela, o presunto, o tomate e a azeitona e polvilhe com orégano. Tampe a panela, dê pressão e cozinhe por sete minutos. Desligue o fogo e deixe a pressão ceder. Sirva em seguida, com um fio de azeite. Rende seis porções.

Não existe amor sem macarrão

A panela de pressão pode auxiliar no romantismo de um jantar à luz de velas, acompanhado de uma bela massa e um bom vinho. No caso em questão, um macarrão primavera, requintado, mas rápido e de fácil execução.

Com trezentos gramas de penne, duas xícaras de frango cortado em cubinhos, um dente de alho amassado, duas colheres de sopa de óleo, uma colherinha de colorau, duas xícaras de chá de água, um pimentão vermelho, verde e amarelo cortado em tirinhas, assim como uma abobrinha, uma xícara de chá de ervilhas e uma lata de creme de leite, salsa e queijo parmesão a gosto, seu encontro romântico-gastronômico está garantido.

Misture o frango com o alho, o sal, a pimenta e o colorau. Guarde por duas horas na geladeira. Após, aqueça o óleo na panela de pressão e doure o frango, mexendo por seis minutos, aproximadamente; acrescente a água, o macarrão, os pimentões, a abobrinha e a ervilha, misturando bem. Tampe a panela, aguarde a pressão e deixe ferver por três minutos.

Abra a panela e misture o creme de leite. Polvilhe com a salsa e o parmesão ralado a gosto e sirva.

E a sobremesa?

Para fechar essas receitas incomuns, nada melhor que uma sobremesa. Uma canjica, que tal? Canjica, conhecida no Nordeste como mungunzá. Um pacote de milho branco, quatro litros e meio d´água, uma xícara de chá de leite de coco, uma xícara de chá de leite, duas xícaras e meia de açúcar, canela em pó e amendoim torrado a gosto.

Em uma tigela, coloque três litros d´água, o milho branco e deixe em repouso por um dia inteiro. Escorra a água e coloque o milho na panela de pressão, juntamente com o litro e meio de água restante. Cozinhe em fogo alto até apitar. Então reduza a chama para o mínimo e deixe por mais cinquenta minutos ou até o milho ficar macio.

Lave a panela ainda fechada em água corrente, até sair todo o vapor. Após, abra e escorra o líquido. Coloque o milho de volta à panela e ao fogo, junte os demais ingredientes e mexa com uma colher de pau, até a mistura ficar cremosa. Desligue. Pode ser servida quente ou fria, polvilhada com canela e amendoim torrado.

Com essas receitas, todo um mundo novo se abre para sua panela de pressão. E se ela era uma das estrelas de sua cozinha, agora vai brilhar cada vez mais. E você também.

Referências: http://mdemulher.abril.com.br/receitas/ana-maria/30-receitas-incriveis-feitas-na-panela-de-pressao

Comentários

Populares