Home / Ferramentas / Aquecedores a Gás: Tudo o que você queria saber

Aquecedores a Gás: Tudo o que você queria saber

Publicado em Ferramentas por Luis Ventura

aquecedores-a-gas-chuveiro-quente

Aquecedores a gás: mais conforto e segurança para você e sua família

Uma das piores coisas dos dias de inverno (ou dos dias frios, já que as estações do ano andam um tanto quanto fora de ordem) é a dificuldade de mexer com a água: lavar a louça, aquela preguiça de tomar banho – e depois a preguiça de sair do banho! Afinal, um bom banho quente ajuda a relaxar, espanta o frio e deixa a gente mais disposto, seja para encarar um dia difícil ou uma boa noite de sono. E o aquecimento a gás é uma das melhores opções quando se fala de água quente e ambiente confortável.

Mas muita gente ainda tem certo medo dos aquecedores a gás, por não saber como ele funciona e se ele realmente oferece vantagens ao ser instalado. Sim – ele traz muitas vantagens, não só para o seu dia a dia como também para o seu orçamento. Por isso, separamos aqui algumas dicas e informações para que você entenda um pouco mais sobre esse tipo de equipamento, seus benefícios e tudo que ele pode fazer para facilitar e melhorar sua vida.

Escolha o melhor modelo de aquecedor para as suas necessidades

Hoje em dia é possível encontrar dois tipos de aquecedor: por passagem e por acumulação. Basicamente, a diferença entre eles é o tempo necessário para o aquecimento da água.

Os modelos por passagem esquentam a água gradualmente, conforme ela circula pelas serpentinas, que ficam em torno de uma câmara de combustão – e por isso dispensa um reservatório próprio para acumular a água quente.

Já os modelos por acumulação usam o mesmo sistema de serpentina, mas contam com reservatórios – a água já aquecida permanece armazenada em boilers, que costumam ser instalados no forro ou em outros locais do ambiente.

Segurança em primeiro lugar

O aquecedor de gás natural é um aparelho que queima o gás natural encanado – é importante não confundir com o gás dos botijões – para produzir calor. Com isso, ele garante água quente para os diversos ambientes do local (seja residencial ou comercial): pias do banheiro e da cozinha, chuveiros, duchas higiênicas e tanques ou máquinas de lavar.

O aparelho deve ser instalado por uma equipe técnica especializada e em locais bastante arejados e de fácil acesso – como a área de serviço ou a varanda, por exemplo. Como os queimadores consomem oxigênio durante o seu funcionamento, é muito importante garantir a ventilação adequada do local.

Além disso, é sempre importante verificar se a chama piloto se mantem acesa, garantindo o perfeito funcionamento do aquecedor e acompanhar a coloração dela. O certo é que as chamas de gás sejam sempre de um tom azulado. Se elas mudarem para um tom amarelado ou alaranjado, vale desligar o equipamento e fazer uma inspeção, pois essa cor pode ser sinal de que os queimadores estão sujos, obstruídos ou desregulados. Além da questão da segurança, esse problema também interfere na economia, por aumentar o consumo de gás.

Uma dica importante é manter os registros de gás dos aquecedores fechados sempre que você for se ausentar por longos períodos, como viagens de muitos dias. E não deixar o equipamento regulado na temperatura mais alta se isso não for realmente necessário.

Lembre-se: para manter a sua segurança e das pessoas que dividem o ambiente com você basta manter o seu aquecedor a gás sempre limpo e regulado. E fazer pelo menos uma revisão por ano.

Vantagens do aquecimento a gás

Quando se fala de aquecedores a gás, uma das vantagens é realmente imbatível: a economia na conta de luz. É importante também observar se o equipamento possui o Selo Conpet, do Programa Nacional da Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e do Gás Natural – você também pode encontrá-lo em fogões domésticos a gás. Ele pode ajudar na hora de escolher um modelo ou fabricante e ainda estimula a criação de produtos e de serviços mais eficientes e econômicos. Fique de olho: o selo deve trazer o nome do fabricante, do modelo e o ano. Outro ponto ligado à economia é que os aquecedores a gás natural oferecem uma vida útil mais ampla do que a das resistências elétricas.

Além disso, o banho fica mais gostoso, já que a pressão é mais controlável e a temperatura é mais estável – mesmo no inverno. Também fica mais seguro, já que os modelos mais modernos contam com acendimento automático, termostato de segurança (que desliga o aparelho em caso de superaquecimento) e sensor de chama, que corta o gás caso o abastecimento seja interrompido. Fora a vantagem de não correr mais riscos de tomar choques elétricos no chuveiro.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre as vantagens e a economia de ter um aquecedor a gás natural em casa, não perca mais tempo: acesse agora mesmo o nosso site, escolha o modelo que mais combina com o que você precisa e garanta já água quente e segurança o ano inteiro!

Gás Natural x Gás GLP

Outra dúvida comum em quem deseja adquirir um aquecedor a gás é referente ao tipo de combustível que ele utilizará: natural ou GLP. Em termos de desempenho, podemos dizer que não há grandes diferenças entre eles.

O ponto principal a ser observado na hora de escolher qual o tipo de gás do seu aquecedor é o local onde o aparelho será instalado.

O GLP, também conhecido com gás de cozinha, é derivado do petróleo e o seu valor costuma ser mais em conta do que o do gás natural. Porém, por questões de segurança, seus botijões não podem ser utilizados em ambientes fechados e sem ventilação, como em apartamentos.

Já o Gás Natural, um combustível fóssil encontrado na natureza, por vir de uma rede de tubulação direta e ininterrupta (por isso também é conhecido como gás encanado), apresenta maior segurança e é a utilizada em apartamentos e condomínios. A instalação inicial é um pouco complexa, mas seu uso posterior é mais prático, pois o usuário não precisa se preocupar com troca de botijões ou cilindros, além de sua chama ser mais estável.

Se você morar em um local que tenha a possibilidade de utilizar tanto o GLP quanto o Natural, a dica é escolher o que vai lhe oferecer maior praticidade a longo prazo, sempre lembrando que é possível, no futuro, converter o equipamento de um tipo de gás para outro.

Comentários

Populares