Home / Eletrônicos / Inteligência Artificial nas TVs: o que é e como funciona

Inteligência Artificial nas TVs: o que é e como funciona

Publicado em Eletrônicos por Pedro Assis

Video,Archives,Concept.
Você, provavelmente, já ouviu ou pensou na frase “TV é tudo igual, é só ligar e assistir”. Antigamente, isso podia até ser verdade, mas hoje, na era dos aparelhos inteligentes, diferenciar um televisor de outro não é, apenas, uma questão de classificá-lo em polegadas. Existem muitos outros fatores que fazem deles dispositivos completos e que podem te auxiliar em várias tarefas do dia a dia.

Há alguns anos, quando as primeiras Smart TVs surgiram, o grande chamariz eram os Apps e sua enorme gama de possibilidades, transformando os aparelhos em extensões maiores dos smartphones. Atualmente, o salto tecnológico deles atende pelo nome de IA: Inteligência Artificial. Com ela, as TVs entendem o que você quer e respondem seus pedidos, realizando tarefas como trocar de canal, aumentar ou diminuir o volume e até desligar o aparelho. Mas não é só isso. Como veremos a seguir, o conceito de Inteligência Artificial usa, majoritariamente, dois mecanismos supermodernos para trazer muito mais inovação pra você.

Aprendizado da Máquina: o segredo de tudo

O que você diria se não precisasse mais realizar certos comandos na sua TV porque ela, simplesmente, aprenderia seus hábitos e os tornaria automatizados? Esse é o conceito por traz do chamado aprendizado da máquina (ou “machine learning”, do inglês). Uma tecnologia composta por uma série de mecanismos, que faz com que um dispositivo inteligente vá agrupando na memória os comandos e hábitos do usuário para identificar tendências e, assim, sugerir melhorias e ações, com base na repetição delas. Quer um exemplo?

inteligência artificial tvs processador

Processador NeoQuantum 4K, da Samsung, torna mais fácil o aprendizado da máquina

A Smart TV Samsung N90A, por exemplo, possui múltiplos assistentes de voz, como o Bixby (próprio da marca), o Google Assistant e Alexa, da Amazon. Eles são nativos e integrados a ela, permitindo que você controle sua TV através da voz (e de um microfone interno, claro). Você escolhe qual desses assistentes quer usar e o manda executar tarefas, como as que descrevemos anteriormente. Mas não é só isso! Com o tempo, esse assistente vai armazenando seus hábitos e sugerindo ações que condizem com eles. Assim, ele pode te mostrar o trânsito da sua casa até o trabalho, sugerir uma troca para o canal que passa seu programa favorito, ou mesmo, te avisar que é hora de sair para não se atrasar. E tudo em português!

Internet das Coisas: tudo junto e misturado

O outro mecanismo que dá todo o suporte para a Inteligência Artificial das TVs funcionar melhor é a integração de dispositivos, conseguida através do conceito de internet das coisas (Internet of things). O termo, que já não é tão novo assim, diz respeito ao ato de conectar diversos itens que usamos no dia a dia à rede mundial de computadores. Então, hoje, não é apenas o nosso celular que conversa com a TV, espelha a tela e reproduz os conteúdos. Nossa geladeira, lavadora e até o fogão também fazem o mesmo! Vamos a mais um exemplo.

A LG, uma das principais fabricantes de dispositivos inteligentes do mercado atual, conta com uma linha enorme de produtos munidos do ThinQ, sua tecnologia própria de inteligência artificial. Além de possuir uma interface bastante intuitiva e simples de usar, o ThinQ não só aprende com os seus hábitos, como, também interage com os demais dispositivos da sua casa que possuam essa mesma tecnologia.

inteligência artificial tvs internet das coisas LG

SmartThinQ LG e a Internet das Coisas

Assim, através do comando de voz, você pode pedir à sua Smart TV LG com ThinQ que controle a temperatura da sua casa ou que programe o refrigerador para descongelar em um determinado horário, caso você possua um termostato e uma geladeira inteligente da marca, é claro. Com o tempo, os dispositivos aprendem, de forma autônoma, qual a temperatura ideal que você quer para sua casa às 17h, por exemplo, e quando o congelador deve descongelar, realizando, eles mesmos, as tarefas. Pronto! Aprendizado da Máquina e Internet das Coisas em ação.

Você no controle de tudo

Agora, que você já sabe do que uma Smart TV com Inteligência Artificial é capaz, deve estar se perguntando “como eu posso comandar tudo isso?”. Bom, depende do fabricante. Enquanto alguns preferem um estilo de controle remoto mais minimalista, como é o caso da Samsung, outros investem em modelos mais parrudos, cheios de botões e funcionalidades.

Uma Android TV da TCL, por exemplo, possui controle remoto com comando de voz do Google Assistant, de onde você pode receber e pesquisar por sugestões de séries, filmes, trânsito ou mesmo do clima, além, é claro, de poder controlar os equipamentos da sua casa conectada. Já a LG optou pelo famoso controle Smart Magic, um dispositivo próprio, que pode tanto vir junto com a TV (em alguns modelos específicos), como ser adquirido separadamente, e que realiza uma série de funções. Além de ser um meio fácil de acesso ao já falado ThinQ AI, ele tem integração com os assistentes da Google e da Amazon, suporte para NFC e outros diferenciais, como ser sensível ao movimento e contar com um ponteiro indicador na tela, simulando um mouse.

inteligência artificial tvs controles

Smart Controles LG, Samsung e TCL

Tudo isso ainda fica melhor nas Smart TVs quando trabalhados com rapidez e velocidade de processamento, em conjunto com todas as vantagens de uma interface construída para ser intuitiva e de fácil usabilidade, com menus simples e práticos. Vantagens que encontramos nos superprocessadores e sistemas operacionais da atualidade. Mas isso é conversa para uma outra hora…

Comentários

Populares